3 Dicas para Sair das Dívidas e Limpar o seu Nome!

Sair das dívidas pode ser o sonho e o pesadelo de muitas pessoas, afinal isso dita muita regras e hábitos diários da grande maioria. Isso envolve desde o planejamento familiar, até uma conquista pessoal. Por isso se você está com problemas financeiros e deseja sair das dívidas, continue lendo este post!

O bom de ter a experiência é que nós aprendemos com os erros, porém quando se trata de experiência em sair das dívidas não é algo tão agradável assim de compartilhar, porém por vivermos em um mundo quase inteiramente capitalista, é importantíssimo saber cada passo se dá com o dinheiro em mãos. [ Aprenda aqui os 8 passos para sair das dívidas definitivamente]

Em uma situação de dívida, todos nós ficamos muito abalados emocionalmente, principalmente em épocas de crise econômica, onde somos diariamente bombardeado pela mídia. E isso nos deixa enfraquecidos, algumas pessoas mais, outras menos. Porém é importante saber e pensar de modo que isto é uma fase passageira da vida e que será resolvido de alguma forma, custe o que custar!

Confira 3 Dicas para Sair das Dívidas e Limpar o seu Nome:

Dica 1:

A primeira coisa, que é o primeiro passo, e não torne isso tão difícil, mas liste as suas dívidas. É o momento que você vai encarar aquilo de verdade e ver que: “Poxa, essa é a minha realidade.” Estou no fundo do poço. Agora é o momento de se conscientizar de que daí para pior não vai ser. Agora é só melhorar. Exatamente. Você vai estar encarando uma coisa que é importante você resolver. Porque não é que ela não existe.

Dói, mas é um santo remédio sair das dívidas. É tipo colocar remédio que arde, mas é para curar. Liste alguns dados importantes que é bom que você veja na sua dívida. Qual o valor da dívida? Para quem estou devendo? Qual é o prazo, tenho que pagar em quanto tempo? Qual é os juros que tem na minha dívida? Quanto eu tenho para arcar com minhas dívidas? Colocar em dias. Qual o meu poder? E nesse momento é hora de cortar os gastos.

Dica 2:

Lembre-se sempre – É por um tempo limitado, talvez seja bem radical, mas é para o bem de todos!

Enxugar o orçamento é outro passo primordial.. Mas você precisa saber quanto consegue, com toda força-tarefa da família e tudo mais. o que eu consigo fazer sobrar para pagar as dívidas? Conheça seu orçamento, veja qual seu poder de negociação. Porque você precisa saber na hora de argumentar algumas coisas.

Eu tenho tanto e é isso que eu consigo me responsabilizar agora. A sua motivação é quitar suas dívidas.

Dica 3:

Lembra que a gente falou dos juros, taxas, tudo que você precisa saber quanto custa sua dívida? – Esse é o terceiro passo. É você liquidar e focar nas dívidas mais caras. Porque se ela custa mais caro, quanto mais rápido você quitar, mais alívio vai sentir. Tanto emocionalmente quanto no seu orçamento.

Para essas que têm os juros, custos, mais caros, tente eliminar no prazo máximo de 12 meses. Foca nelas para dar esse estímulo emocional. E olhe as mais caras sempre. Ela vai reduzindo e você nem vê. Para as menores contas, coloque uma meta de 3 a 6 meses para quitá-las, após terminar as maiores contas.

E acredite, você está querendo pagar e as instituições estão querendo receber o seu dinheiro, sempre assim. Então faça uma proposta, veja o que eles tem para te oferecer e depois você faz uma contraproposta. Por isso é importante que você tenha clareza em relação a quanto você vai conseguir pagar por mês dessa dívida.

Não entre em contato sem muitas informações precisas de suas contas, caso contrário você acaba fazendo um acordo que você não vai poder honrar. E o negócio vai começar a ficar complicado. Toda vez que você não cumpre com uma negociação, mais difícil fica para você conseguir descontos futuros. E outra coisa bem importante. Renegociou? Arque com o que você falou. Cumpra sua palavra que você consegue mais créditos no futuro e isso vai ajudar a limpar e salvar seu nome!

=> Clique aqui e veja mais 8 dicas do especialista para sair das dívidas definitivamente