Você conhece os Efeitos Placebo do Desejo?

Os Efeitos Placebo do Desejo! Desejo, placebo, como funciona tudo isso em nossa mente? Como associar todo esse desejo ao marketing e como trabalhar isso com seus prospectos?

A dica de hoje veio do blog do Seth!

Conheça os Efeitos Placebo do Desejo:

O especialista* e empreendedor aponta os quatro níveis do marketing “mágico”, que ele chama de “efeitos placebo do desejo”.

    • Antecipação: antes do produto ser divulgado, os verdadeiros fãs estão comentando, especulando, fazendo burburinho e esperando na fila. A antecipação é um auto-reforço da ação, um “efeito placebo” do desejo.

desejo

  • Utilidade:o álbum é bom, o software é útil, o livro muda tudo. Isso funciona melhor do que esperávamos. Exceder as expectativas paga dividendos significativos!
  • Visibilidade: é roxo. Notável. Vale a pena falar disso. As palavras se espalham. Dez pessoas contam a 10 pessoas e, de repente, vira um burburinho. Não por causa da assessoria de imprensa ou da campanha publicitária. E mais pessoas gostam de coisas dos quais os outros não param de falar.

desejo

  • Tribo: o público-alvo, os verdadeiros fãs estão ainda mais conectados do que antes. As organizações os ajudam a se organizar, o produto cria a cultura, compromissos são feitos, conversas persistem, uma cultura é construída. Para nos fazer usar alguma coisa que nos faça sentir como se pertencêssemos a algo isso é mágica, realmente.

Seth sugere que o processo sempre se repita. E, se soar como se fossem grandes marcas promovendo um serviço ou produto, “definitivamente, não é um acidente”. O segredo do “efeito placebo” é ser útil e notável, causar antecipação e falação sobre seu negócio, e envolver seus consumidores a ponto de eles se sentirem conectados à marca. Fácil não é. Mas é uma estratégia que todos os PMEs também deveriam adotar.

*Seth Godin é autor de mais de 14 livros de negócios e marketing, dentre eles alguns Best Sellers dos gêneros. Empreendedor de algumas empresas, Seth é também o fundador de uma das primeiras companhias de marketing online, a Yoyodyne, que foi vendida ao Yahoo em 1998.  

<<< CONFIRA UMA MATÉRIA SIMILAR E MUITO INTERESSANTE AQUI >>>

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *